Índice:
  1. Estudo de Caso - Organização Sri Sathya Sai no Brasil
  2. Estudo de Caso - Definindo o Desafio
  3. Estudo de Caso - Definindo o Desafio - Parte 2
  4. Estudo de Caso - Definindo o Desafio - Parte 3
  5. Arquitetura em Ação!

14 de maio de 2008

 

Estudo de Caso - Definindo o Desafio

Para vocês que estarão acompanhando e, quem sabe, participando deste processo de Arquitetura de Informação, vou começar expondo um pouco da instituição para a qual o serviço será feito.

O nome da instituição é Organização Sri Sathya Sai no Brasil. A Organização Sri Sathya Sai nasceu na Índia, na década de 1960.

Sua finalidade pode ser descrita como: "elevar a consciência do ser humano", "purificar a conduta das pessoas", "estimular a prática dos Valores Humanos".

Os Valores Humanos são didaticamente estabelecidos como cinco:
  1. Verdade
  2. Retidão
  3. Paz
  4. Amor
  5. Não-Violência.
É uma instituição sem fins lucrativos - inclusive, é proibido cobrar ou pedir doações em seu nome. Ela sobrevive principalmente dos recursos dos próprios participantes: voluntários que desejam servir.

No Brasil, iniciou suas atividades oficialmente no ano de 1987, em torno de um pioneiro instrutor de Yoga, o professor Hermógenes.


Estrutura da Instituição - Áreas, Atividades e Programas

A estrutura da instituição vem se transformando ao longo do tempo.

São três Áreas principais:
  1. Devoção
  2. Educação
  3. Serviço
Cada uma dessas três Áreas principais desenvolve um conjunto de atividades específicas. Cada atividade deve ser conduzida de acordo com uma série de orientações.

Além das Áreas principais, existem outras, que são as seguintes:
E dentro dos diversos projetos, atividades e programas desenvolvidos por essas Áreas, destacam-se:


Estrutura da Instituição - Centros e Grupos

Cada unidade funcional da Instituição é um Centro ou um Grupo.

Quando algumas pessoas se reúnem e começam a praticar regularmente uma ou mais atividades prescritas, elas formam um Grupo, que pode se filiar à Organização.

Quando o Grupo cresce e desenvolve atividades em pelo menos DUAS das TRÊS Áreas principais, ele se torna um Centro. Um Grupo pode ser privado, mas um Centro é público, ou seja, aberto para qualquer pessoa que quiser participar (respeitando-se as diretrizes estabelecidas).

Atualmente, existem em torno de 80 (oitenta) Centros e Grupos no Brasil, espalhados "do Oiapoque ao Chuí".


Estrutura da Instituição - Comitês e Conselho Central

Cada Centro ou Grupo pertence a um determinado Comitê ou Coordenação Regional.

O Brasil está dividido em 11 Regiões:
  1. Sul I (RS) - Comitê
  2. Sul II (PR e SC) - Comitê
  3. Sudeste I (SP) - Comitê
  4. Sudeste II (RJ e ES) - Comitê
  5. Sudeste III (MG) - Coordenação
  6. Centro-Oeste (DF, GO, TO, MS e MT) - Coordenação
  7. Nordeste I (AL, BA e SE) - Comitê
  8. Nordeste II (PE, PB e RN) - Comitê
  9. Nordeste III (CE, MA, PA e PI) - Coordenação
  10. Norte I (AC e RO) - Coordenação
  11. Norte II (AM e RR) - Coordenação
A diferença entre um Comitê Coordenador Regional e uma Coordenação Regional é que, no Comitê, existe uma equipe completa, com Presidência e um representante para cada Área, enquanto que na Coordenação existe somente a Presidência.

Uma Coordenação que cresce se transforma num Comitê.

Todos os Comitês e Coordenações Regionais recebem orientação e fornecem relatórios para o Conselho Central do Brasil, responsável pela Organização no país.


Estrutura da Instituição - Internacional

Saindo um pouco do nosso escopo, vou explicar como nosso Conselho Central do Brasil se encaixa na estrutura internacional.

O mundo está dividido em nove Zonas.

O Brasil pertence à Zona 2, que corresponde à América Latina.

A Zona 2 está subdividida em 1 - Norte, 2 - Centro e 3 - Sul.

O Brasil está no Sul, portanto, internacionalmente, pertence à Região 23 (zona = 2, sul = 3).

Todas as noves Zonas respondem à direção da Fundação Sai Mundial, que dirige a Organização, seguindo as orientações de Sathya Sai Baba.

Sathya Sai Baba nasceu no sul da Índia, em 23 de novembro de 1926. Hoje está com 81 anos de idade. A partir de seus ensinamentos foi criado um "Programa de Educação em Valores Humanos", que é a verdadeira raiz de toda a instituição que veio depois.


Idéias-Chave

Algumas "máximas" de Sathya Sai, bem simples e profundas, estabelecem o espírito da Organização Sai:

"Ame a todos; Sirva a todos"

"Ajudar, sempre; Ferir, nunca"

"Amor como pensamento é Verdade.
Amor como ação é Retidão.
Amor como sentimento é Paz.
Amor como compreensão é Não-violência."

Colocar esses ensinamentos em prática é um dos objetivos dos membros da instituição.


Estrutura da Instituição - Administração

Cada uma das instâncias (os Centros, os Comitês e o Conselho Central), possuem Presidência (Presidente e Vice) e Coordenadores para cinco Áreas (Devoção, Educação, Serviço, Jovens e Difusão).

Assim, existe um "Coordenador de Devoção" para cada Centro, um "Coordenador de Devoção" para cada Comitê, e um "Coordenador de Devoção" no Conselho Central do Brasil.

Os membros dos Centros e Grupos interagem entre si e com seus dirigentes. Os Centros ou Grupos interagem com seu respectivo Comitê. Os Comitês interagem com o Conselho Central.

Por exemplo: um membro participante dá uma boa sugestão para o Coordenador de Serviço do seu Centro. Eles organizam uma bem-sucedida atividade. O Coordenador de Serviço do Comitê é informado sobre a atividade e a comunica no relatório para o Conselho Central, recomendando-a. O Coordenador de Serviço do Conselho Central pode adotar a idéia e comunicar a todos os Comitês, que então vão conduzir a informação a todos os Centros e Grupos de suas regiões. A "boa idéia" torna-se uma recomendação para todo o país.

Existem os membros ativos, os membros participantes e os freqüentadores ou visitantes.

Os membros ativos são todos aqueles que ocupam ou já ocuparam qualquer cargo administrativo, que fazem parte da diretoria, que estão sempre presentes. Os membros participantes são os freqüentadores assíduos das atividades do Centro. Os freqüentadores ou visitantes são as pessoas que freqüentam esporadicamente, sem maior envolvimento.


Concluindo

Bom, pessoal, eu tentei ser o mais breve possível, e acredito ter conseguido comunicar o básico de como é que está estruturada a Organização Sri Sathya Sai no Brasil.

Aqui, meramente expliquei o essencial:
Muita gente freqüenta um Centro ou Grupo da Organização por muito tempo, e não faz a menor idéia sobre como a Organização funciona, pois esse não é o foco para quem vai a um Centro ou Grupo. Lá, o foco é nas atividades das Áreas e nos Valores Humanos. Eu é que estou dando esse foco na estrutura administrativa, a partir do ponto de vista de um procedimento de Arquitetura da Informação.

Eu mencionei várias vezes que as atividades existem, mas em nenhum momento eu disse quais são elas. No próximo post, vou falar um pouco das atividades que as Áreas desenvolvem. Isso é o que aparece para quem participa! São as atividades o que a pessoa vê e se envolve quando se aproxima de um Centro ou Grupo, e não a estrutura administrativa. É importante estar ciente disso.

Obrigado pela sua atenção!
Eu estou muito feliz desenvolvendo este trabalho!

Marcadores: , ,


Comentários:
Nossa João! Isso é tudo o que eu queria ver agora, um projeto acontecendo. Acabei de iniciar uma pós em arquitetura de informação e com certeza vou acompanhar o seu blog.
Obrigada por compartilhar ;)
 
Acredito que essa iniciação foi muito boa... Muitos podem até pensar para quê o João vai usar isso ou será que ele está tentando promover a instituição??
Mas é muito importante que as pessoas envolvidas no projeto saibam do que se trata a organização para que possam entender melhor os passos que serão seguidos, pois conhecer o contexto que você está inserido é o primeiro passo de um bom projeto.
Assim você poderá coordenar melhor seus próximos passos e ações.
Ótima introdução Bruni.
Conituarei com a leitura logo mais.
Abraços.
 
Juarez,

Eu realmente GOSTO da instituição, e seu questionamento sobre minhas intenções é ótimo!

1) O principal LEITOR do BLOG sou eu mesmo - ele me serve para me indicar com clareza para onde estou indo!

2) O BLOG é, automaticamente, um histórico detalhado de como foi todo o procedimento de A.I. para a instituição. Para qualquer um que venha a se "ajuntar" ao projeto, bastará ler o BLOG para estar a par de tudo, em detalhes.

3) Apesar destes posts iniciais quase nem falarem de A.I., eles são essenciais para se entender as discussões que virão depois. Digamos assim: TUDO ISSO É A PRÓPRIA "INFORMAÇÃO" QUE SERÁ "ARQUITETADA"

Estou muito feliz com sua colaboração aqui, querido amigo.

Felicidades!
 
Bruni

Vc vai precisar de ajuda em algo (html, php, flash) na implementação?

Conheci os sites através do seu RSS e achei muito interessante o propósito da instituição. Se for possível ajudar estou a disposição. http://colabee.blogspot.com (deixa recado lá) abraços

PR
 
Postar um comentário





<< Início